Destaque

Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Santa Cruz do Capibaribe anunciam paralisação de 72h

 

Os profissionais decidiram durante assembleia, que irão paralisar suas atividades laborais entre os dias 9 e 11 de junho

Os Auxiliares e Técnicos de Enfermagem da Rede Pública de Santa Cruz do Capibaribe decidiram durante Assembleia Extraordinária, realizada nesta sexta-feira (31/05), a paralisação das atividades laborais por 72h, entre 9 e 11 de junho. O Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Pernambuco (Satenpe) protocolou o anuncio ao Governo Municipal e aos órgãos representativos da Enfermagem.

De acordo com o sindicato, o principal motivo da mobilização foi a falta de diálogo por parte da prefeitura em não apresentar propostas de negociação. As reivindicações são: reajuste do salário base no percentual de 15%, implantação da gratificação por remoção de paciente para translado entre município, criação de mesa setorial de negociação salarial e 30h aos profissionais de Enfermagem do nível médio, em conformidade ao Estatuto do Servidor Público Estadual e a Lei Municipal 1707/2008.

Outras pautas são os reajustes nas gratificações do SUS para R$300, de insalubridade do SAMU para o percentual de 40% do salário mínimo, dos profissionais do PSF para R$ 700 e da gratificação de plantão para R$150. “Estamos há mais de dois anos tentando manter um diálogo com a prefeitura em busca de melhores condições de trabalho e salariais aos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem. Em virtude disso, apoiamos a paralisação das atividades laborais, durante três dias, em Santa Cruz do Capibaribe”, afirmou o presidente do Satenpe, Francis Herbert.

voltar